quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Primeiros-Socorros: Introdução







• Primeiros Socorros são a atenção imediata dada à uma vítima cujo estado físico coloca sua vida em perigo. Geralmente se presta atendimento no próprio local.

Objetivo: manter as funções vitais
Se todos soubessem noções básicas de primeiros socorros muitas vidas poderiam ser salvas. Iremos apresentar alguns procedimentos que poderão auxiliá-lo em caso de emergência. É importante mencionar que a prestação de primeiros socorros não exclui a importância de um médico.

  Fraturas
  Sangramentos

O que o socorrista deve aprender:
• o que deve procurar
• o que deve fazer
• como deve fazer

Princípios:
• Agir com calma e confiança – evitar o pânico
• Ser rápido, mas não precipitado
• Usar bom senso, sabendo reconhecer suas limitações
• Usar criatividade para improvisação
• Demonstrar tranquilidade, dando ao acidentado segurança
• Se houver condições solicitar ajuda de alguém do mesmo sexo da vítima
• Manter sua atenção voltada para a vítima quando estiver interrogando-a
• Falar de modo claro e objetivo
• Aguardar a resposta da vítima
• Não atropelar com muitas perguntas
• Explicar o procedimento antes de executá-lo
• Responder honestamente as perguntas que a vítima fizer
• Usar luvas descartáveis e dispositivos boca-máscara, improvisando se
necessário, para proteção contra doenças de transmissão respiratória e por
sangue.
• Atender a vítima em local seguro (remove-la do local se houver risco de
explosão, desabamento ou incêndio).


Avaliar a vítima:
• Verificar nível de consciência
• Verificar se respira – Ver – Sentir - Ouvir
• Checar pulsação: através da artéria carótida em adultos ou artéria braquial
em crianças
• Verificar hemorragias, fraturas e outras lesões - Inspeção e Palpação
. Improvisar colar cervical quando há suspeita de lesão na coluna cervical.



TRANSPORTE DE VÍTIMAS
  Se houver suspeita de fraturas no pescoço  e nas costas, evite mover a pessoa.
  Para puxá-la para um local mais seguro, mova-a de costas, no sentido do comprimento com o auxílio de um casaco ou cobertor.
  Para erguê-la, você e mais duas ou três pessoas devem apoiar todo o corpo e colocá-la numa tábua ou maca. Se precisar, improvise com pedaços de madeira, amarrando cobertores ou paletós.
  Apóie sempre a cabeça, impedindo-a de cair para trás.







Um comentário:

  1. legau quem sabe um pouco de ps pode sauvar vidas.

    ResponderExcluir